Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Pneumoconiose

Pneumoconiose

PUBLICIDADE

Definição

Pneumoconiose é um termo geral dado a qualquer doença pulmonar causada por poeiras que são inaladas e, em seguida, depositadas profundamente nos pulmões, causando danos.

A pneumoconiose é geralmente considerada uma doença pulmonar ocupacional e inclui a asbestose, a silicose e a pneumoconiose dos trabalhadores do carvão, também conhecida como “Doença do Pulmão Negro”.

O que é Pneumoconiose?

A pneumoconiose é uma doença pulmonar causada pela inalação de vários tipos de poeira industrial.

A poeira causa inflamação dos pulmões e gradualmente danifica os pulmões ao longo do tempo. O dano, por sua vez, causa fibrose, uma condição em que os pulmões começam a endurecer. Quando isso ocorre, torna-se difícil para uma pessoa respirar com facilidade.

Esta doença respiratória, por vezes, não causa sintomas óbvios. Quando os sintomas se desenvolvem, eles incluem chiado, tosse e falta de ar. Se uma pessoa sofre de fibrose grave, ele ou ela se esforça para respirar. As unhas e os lábios podem ficar azuis e as pernas podem inchar. Geralmente, são necessários pelo menos 10 anos de exposição a partículas de poeira industrial antes que os sintomas se tornem perceptíveis.

Existem vários tipos de pneumoconiose que afetam as pessoas.

Entre eles estão: a pneumoconiose do trabalhador de carvão, asbestose, silicose, siderose do pulmão, pneumoconiose por talco e pneumoconiose com caulim.

Cada forma da doença pode causar sérios problemas de saúde.

Pneumoconiose
O sistema respiratório humano, mostrando a traqueia e os pulmões

A pneumoconiose do trabalhador de carvão é causada pela inalação de pó de carvão, grafite, negro de fumo ou negro de fumo. Pessoas que freqüentemente trabalham com esse tipo de poeira, como mineradores de carvão, contraem essa doença se não usarem equipamentos de proteção.

A asbestose é uma forma da doença que freqüentemente afeta trabalhadores da construção civil, mecânica de automóveis e outras pessoas que trabalham com amianto. Pessoas que vivem ou trabalham em edifícios antigos que foram construídos com amianto podem contrair esta forma da doença. Pode levar cerca de 20 anos até que os sintomas se tornem perceptíveis.

A silicose é frequentemente diagnosticada em pessoas que trabalham com uma substância chamada sílica.

Mineradores, jateadores de areia, trabalhadores de pedreiras, siderúrgicas e aqueles que fabricam vidro ou cerâmica frequentemente sofrem de silicose. A siderose do pulmão é causada pela inalação de partículas de ferro. Geralmente não há sintomas presentes com siderose do pulmão.

A pneumoconiose com talco é causada pela exposição ao pó de talco.

A pneumoconiose causada por caulim resulta da inalação de caulim. Esta é uma substância usada para fazer medicação, papel, cosméticos, cerâmica e creme dental.

Se uma pessoa trabalhou em um lugar em que sofreu exposição prolongada a partículas de poeira industrial, é importante que ele ou ela entre em contato com um médico. Primeiro, um médico aconselhará o paciente a evitar mais exposição à poeira industrial. O médico também pode prescrever medicamentos destinados a abrir os brônquios para que o paciente respire mais facilmente.

O tratamento com oxigênio, imunizações e antibióticos são outros métodos que um médico pode usar para tratar um paciente suspeito de sofrer desta doença respiratória específica. Aqueles com dificuldades respiratórias graves podem necessitar de transplantes de pulmão. Se a condição não for tratada, o câncer de pulmão pode resultar. Câncer das membranas que revestem a cavidade abdominal e os pulmões também pode ocorrer.

Doença dos Mineradores

A Doença dos Mineradores, ou pneumoconiose, é uma condição que afeta os pulmões de pessoas com exposição regular a partículas de poeira. Grandes quantidades de pó de carvão podem se alojar no tecido pulmonar, resultando em cicatrizes e outros danos. Isso pode levar a sintomas como aperto no peito e tosse. A condição pode ser causada por qualquer tipo de poeira e tem sido historicamente muito comum entre os mineradores que estão expostos ao pó de carvão diariamente.

Existem várias doenças que podem ser causadas pelo pó de carvão. Quando o pó de carvão entra nos pulmões, pode resultar em inflamação e irritação do tecido interno. Com o tempo, e dependendo do nível de exposição ao pó de carvão, isso pode causar uma doença conhecida como enfisema, que é uma condição rara que causa inflamação de pequenos sacos aéreos nos pulmões. A bronquite crônica, que é uma inflamação dos tubos respiratórios, também pode ser causada por pó de carvão.

A doença mais comum causada pela exposição ao pó de carvão é a pneumoconiose, também conhecida como a Doença dos Mineradores.

Esta doença abrange uma gama de condições, todas as quais são causadas pela retenção de poeira nos pulmões e tecidos adjacentes. Outros nomes para a condição incluem antrossilicose e doença do pulmão negro. Embora a condição seja frequentemente referida como a Doença dos Mineradores, ela pode ser causada pela superexposição a muitos tipos diferentes de poeira, o que significa que os mineradores não são os únicos que sofrem com isso.

Quando o pó de carvão entra nos pulmões, as pequenas partículas podem ficar presas no tecido pulmonar. É improvável que pequenas quantidades causem um efeito negativo, mas, se uma pessoa for repetidamente exposta ao pó de carvão, como em uma mina, o corpo eventualmente tentará atacar a poeira. Isso é conhecido como uma resposta do sistema imunológico e pode levar a que partes do tecido pulmonar fiquem cicatrizadas.

Existem vários sintomas da Doença dos Mineradores, alguns dos quais podem não se desenvolver durante vários anos. A gravidade da condição depende de uma série de fatores, incluindo o tipo de minerais presentes na poeira. Os sintomas incluem uma sensação de aperto no peito, tosse, falta de ar e vários outros problemas com os pulmões.

Não é possível tratar a causa subjacente da Doença dos Mineradores, porque a cicatrização dos pulmões é permanente. Em vez disso, o tratamento se concentra na redução dos sintomas da doença. Também é importante que uma pessoa com a Doença dos Mineradores seja monitorada regularmente em busca de sinais de câncer de pulmão.

Tipos de pneumoconiose

A doença aparece em diferentes formas, dependendo do tipo de poeira que você inala.

Uma das formas mais comuns é a doença do pulmão negro, também conhecida como pulmão de minerador. É causada pela inalação de pó de carvão.

Outra é o pulmão marrom, que vem do trabalho em torno da poeira do algodão ou de outras fibras.

Outros tipos de poeiras que podem causar pneumoconiose incluem sílica e amianto. Diacetil, o composto usado para dar pipoca de cinema seu sabor amanteigado, também pode levar à doença. Isso é conhecido como pulmão de pipoca.

A pneumoconiose pode ser simples ou complicada.

A pneumoconiose simples causa uma pequena quantidade de tecido cicatricial. O tecido pode aparecer em um raio X como áreas arredondadas e espessas chamadas nódulos. Esse tipo de doença é às vezes chamado de pneumoconiose do trabalhador de carvão.

A pneumoconiose complicada é conhecida como fibrose maciça progressiva.

Fibrose significa que muitas cicatrizes estão presentes nos pulmões.

Para pneumoconiose simples ou complicada, o dano causa a perda de vasos sanguíneos e sacos aéreos nos pulmões. Os tecidos que cercam seus sacos aéreos e passagens de ar tornam-se espessos e rígidos de cicatrizes. Respirar torna-se cada vez mais difícil. Esta condição é chamada doença pulmonar intersticial.

Sintomas

Os sintomas mais comuns da pneumoconiose são tosse e falta de ar.

O risco é geralmente maior quando as pessoas foram expostas a poeiras minerais em altas concentrações e/ou por longos períodos de tempo.

O uso inadequado ou inconsistente de equipamento de proteção individual, como respiradores (máscaras de proteção especialmente ajustadas) é outro fator de risco, já que evitar a inalação de poeiras também evita a pneumoconiose.

A pneumoconiose geralmente não ocorre em exposições ambientais (não-locais de trabalho), já que os níveis de poeira no ambiente são muito menores.

Resumo

Pneumoconiose, qualquer uma das muitas doenças pulmonares causadas pela inalação de uma variedade de poeiras orgânicas ou inorgânicas ou irritantes químicos, geralmente durante um período prolongado de tempo.

O tipo e a gravidade da doença dependem da composição do pó. Pequenas quantidades de algumas substâncias, principalmente sílica e amianto, produzem reações graves, enquanto irritações mais leves produzem sintomas de doença pulmonar apenas com exposição maciça. Muitas evidências indicam que o fumo de cigarros, em particular, agrava os sintomas de muitas das doenças causadas pela pneumoconiose.

Tipicamente, os primeiros sintomas de pneumoconioses leves incluem aperto torácico, falta de ar e tosse, progredindo para um comprometimento respiratório mais grave, bronquite crônica e enfisema nos casos mais graves.

A poeira inalada se acumula nos alvéolos, ou sacos aéreos, do pulmão, causando uma reação inflamatória que converte o tecido pulmonar normal em tecido cicatricial fibroso e, portanto, reduz a elasticidade do pulmão. Se houver formação de tecido cicatricial suficiente, a função pulmonar fica seriamente prejudicada e os sintomas clínicos da pneumoconiose são manifestados. A carga total de poeira no pulmão, os efeitos tóxicos de certos tipos de poeira e as infecções do pulmão já danificado podem acelerar o processo da doença.

Entre as poeiras inorgânicas, a sílica, encontrada em inúmeras ocupações, incluindo mineração, exploração de pedreiras, jateamento de areia e fabricação de cerâmica, é a causa mais comum de pneumoconiose grave. Tão pouco quanto 5 ou 6 gramas no pulmão podem produzir doenças (Silicose). Pós de grafite, estanho, bário, cromato, argila, ferro e carvão (Pulmão Negro) são outras substâncias inorgânicas conhecidas por produzir pneumoconiose, embora a exposição à sílica também esteja envolvida em muitos casos.

As pneumoconioses associadas a essas substâncias geralmente resultam apenas da exposição contínua por longos períodos. O amianto (Asbestose), o berílio (Beriliose) e os pós de alumínio podem causar uma pneumoconiose mais grave, geralmente após exposição relativamente breve a grandes quantidades de poeira.

A asbestose também tem sido associada ao câncer de pulmão e outros órgãos.

A exposição prolongada a poeiras orgânicas, como esporos de feno, malte, cana-de-açúcar, cogumelos e cevada, pode produzir doenças pulmonares através de uma resposta alérgica severa dentro de poucas horas de exposição, mesmo em pessoas previamente não alérgicas. A doença do pulmão marrom (Bissinose) em trabalhadores têxteis também é uma forma de pneumoconiose, causada por fibras de algodão, linho ou cânhamo que, quando inaladas, estimulam a liberação de histamina. As histaminas fazem com que as passagens aéreas se contraiam, impedindo a expiração.

Os irritantes químicos que foram implicados em doenças pulmonares incluem dióxido de enxofre, dióxido de nitrogênio, amônia, ácido e cloreto, que são rapidamente absorvidos pelo revestimento dos pulmões.

Os produtos químicos em si podem causar cicatrizes nos delicados tecidos pulmonares, e seu efeito irritante pode causar a acumulação de grandes quantidades de líquido nos pulmões. Uma vez que a exposição ao produto químico cesse, o paciente pode se recuperar completamente ou sofrer de bronquite crônica ou asma.

Fonte: www.lung.org/www.pneumoconiosis.org.uk/www.wisegeek.org/foundation.chestnet.org/www.urmc.rochester.edu/www.hse.gov.uk/www.drugs.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Fenômeno de Ashman

PUBLICIDADE Definição O fenômeno de Ashman, também conhecido como batimento do Ashman, descreve um tipo particular …

Lipogênese

Lipogênese

PUBLICIDADE Definição Lipogênese é a formação metabólica de gordura, a transformação de materiais alimentares não gordurosos …

Cortisol

PUBLICIDADE Definição O cortisol é um hormônio baseado em esteróides e é sintetizado a partir do colesterol …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+