Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Febre Viral

Febre Viral

PUBLICIDADE

Definição

febre viral refere-se a uma ampla gama de infecções virais, geralmente caracterizadas por um aumento na temperatura corporal normal.

É bastante comum em crianças e idosos devido à baixa imunidade.

As pessoas que sofrem dessas infecções também sentem dores no corpo, erupções cutâneas e dor de cabeça. No entanto, os medicamentos estão disponíveis para tratar a febre viral, em alguns casos, os remédios caseiros também ajudam a lidar com a doença.

O que é uma Febre viral?

Na terminologia médica, a elevação da temperatura basal devido a uma infecção viral é chamada de febre viral.

O vírus real que causa a febre pode ou não ser identificável.

A febre viral pode ser acompanhada por outros sinais e sintomas, como corrimento nasal, olhos vermelhos, mal-estar, irritabilidade, dores articulares e musculares, aumento dos gânglios linfáticos e erupção cutânea.

Na maioria das vezes, uma febre viral resolve após três a sete dias e é considerada benigna e autolimitada. Pode, no entanto, causar complicações, particularmente entre os muito jovens, os muito idosos e os imunocomprometidos.

A transmissão de um determinado vírus geralmente ocorre quando uma pessoa inala partículas aerossolizadas, come ou bebe alimentos ou água contaminados, ou está em contato direto com outra pessoa infectada.

Alguns vírus são transmitidos através de inoculação direta ou contato sexual.

Os vírus podem afetar um determinado órgão, e os sintomas médicos podem se localizar nesse órgão.

Por exemplo, adenovírus e rinovírus afetam o trato respiratório superior, causando infecção do trato respiratório superior, enquanto rotavírus e norovírus afetam o trato gastrointestinal, causando gastroenterite ou diarréia. Depois que o vírus se espalhou localmente, é transportado para o sangue ou a linfa e é eventualmente combatido pelo sistema imunológico.

Febre Viral
O corpo humano pode elevar sua temperatura para combater os vírus

A febre viral ocorre porque substâncias como prostaglandinas, interleucina-1 (IL-1) e fator de necrose tumoral (TNF) são liberadas por linfócitos e macrófagos ativados. A febre ocorre quando essas substâncias estimulam o hipotálamo a redefinir o ponto de ajuste de temperatura do corpo em um nível mais alto.

Paracetamol, aspirina e antiinflamatórios não-esteroidais são capazes de reduzir a febre porque previnem a síntese de prostaglandinas.

Além disso, a febre viral desempenha um papel importante em ajudar a limitar a infecção viral.

Hipotetiza-se que, com a elevação da temperatura corporal, proteínas especiais chamadas de proteínas de choque térmico (HSPs) sejam ativadas para aumentar a resposta dos linfócitos ao vírus infectante.

Febre entre 38 a 39 graus Celsius é classificado como febre baixa, e entre 39 a 40 graus Celsius é classificado como febre moderada.

Uma febre alta ocorre quando a temperatura do corpo ultrapassa 40 graus Celsius.

A hiperpirexia ocorre quando a temperatura do corpo atinge 42 graus Celsius e acima.

febre viral pode ser benéfica, mas uma febre classificada como grau moderado ou alto grau é motivo de preocupação. Medidas de redução de temperatura, como tomar remédios antipiréticos e tomar banhos frios, devem ser administradas ao paciente. Em particular, a hiperpirexia é considerada uma emergência médica porque atinge o limite do que é compatível com a vida.

Sintomas de Febre viral

Febre Viral
O sintoma de febre viral mais óbvio é o aumento da temperatura corporal

Existem vários sintomas diferentes de febre viral que ocorrem normalmente quando uma pessoa é infectada, o que pode durar apenas alguns dias, mas pode estar presente por várias semanas. A mais óbvia é a elevação da temperatura corporal, que pode ser leve a moderada ou pode se tornar muito alta, dependendo do tipo de vírus. Muitas pessoas sentem dor e fadiga em seus músculos e articulações enquanto estão com febre. Em muitos casos, os pacientes terão congestão nasal, dor de garganta e tosse.

Outros sintomas podem incluir náusea, dor de cabeça e erupção cutânea.

O mais predominante dos sintomas da febre viral é a febre em si. Uma vez que o vírus tenha incubado e se multiplicado até um certo nível no corpo, a temperatura do corpo aumentará em resposta à infecção. Algumas pessoas podem experimentar apenas uma febre muito baixa, variando de cerca de 37,2 a 38,3 graus Celsius.

Outros podem ter uma temperatura muito alta, em torno de 38 graus ou às vezes até mais. A febre também pode ser intermitente, com a temperatura da pessoa aumentando, voltando aos níveis normais apenas para voltar a subir.

Outro dos sintomas de febre viral que a maioria dos pacientes sofre é dores no corpo e fadiga. Enquanto eles têm uma temperatura elevada, as pessoas tendem a se sentir muito cansadas e com pouca energia para a atividade. Eles também normalmente têm uma sensação de dor ou dor nos músculos e articulações em todo o corpo.

Os sintomas da febre viral do trato respiratório superior também são bastante comuns durante uma infecção. Muitos pacientes se queixam de congestão nasal que leva a espirros e nariz escorrendo ou entupido quando eles têm um vírus. Muitas vezes eles desenvolvem uma tosse também.

O vírus, juntamente com o excesso de muco na garganta e tosse repetitiva, também pode tornar a garganta dolorida e a voz rouca. Glândulas inchadas sob a mandíbula e no pescoço também podem contribuir para sentimentos gerais de desconforto na área.

Existem vários outros sintomas de febre viral que podem afetar os pacientes também. Muitas vezes, uma dor de cabeça acompanha uma infecção. Algumas pessoas podem sentir dores de estômago ou náuseas, vômitos ou diarréia. Os olhos podem ficar doloridos, vermelhos e irritados. Em alguns casos, a pessoa com febre desenvolverá uma erupção cutânea em uma área de sua pele.

Por que temos Febre?

As febres são a maneira do corpo de nos informar que algo está errado. Eles também são a maneira do corpo de combater vírus e infecções.

A temperatura corporal normal é de cerca de 37 °C). Se o corpo estiver com febre, a temperatura subirá mais que isso.

Quando infecções invadem o sistema do corpo, toxinas são produzidas. Isso geralmente resulta em um aumento de temperatura. A resposta do corpo é ativar o sistema imunológico. Os glóbulos brancos combatem as bactérias aumentando a temperatura.

Os glóbulos brancos produzem certas substâncias que aumentam a temperatura, as toxinas seno não têm uma boa tolerância ao calor. Portanto, uma alta temperatura ajuda a combater essas toxinas e eliminá-las do corpo. Quando nós suamos, estamos expelindo toxinas do corpo.

As febres são importantes e úteis no combate à doença, mas uma pessoa que sofra de temperaturas elevadas prolongadas deve ser vista por um médico.

A febre normal é cerca de três a quatro graus superior à temperatura normal e, se causada por uma infecção, não costuma aumentar mais do que isso. Se a temperatura exceder esta diretriz, então a atenção médica é necessária. Distúrbios cerebrais podem ocorrer se a febre se tornar muito alta.

Muitas doenças são acompanhadas de febre, incluindo sarampo, catapora e varíola. A gripe e o resfriado comum também podem produzir altas temperaturas.

Existem outros sintomas que geralmente acompanham a febre. Estes são dependentes da doença, mas a perda de apetite é comum. Também pode haver uma sensação geral de cansaço ou fraqueza. Calafrios no corpo também são comuns.

Crianças e idosos são frequentemente mais suscetíveis a altas temperaturas. Quando isso ocorre, o objetivo é não eliminá-lo, mas mantê-lo em um nível de combate à infecção. As crianças que estão doentes e com uma temperatura alta, mas que bebem líquidos, dormem bem e são confortáveis, não devem estar em perigo.

Se a temperatura deve ser reduzida, todo o excesso de roupa e roupa de cama deve ser removido. A sala deve ser mantida fria e panos úmidos e frios devem ser aplicados ao corpo. Existem também medicamentos que podem ser dados por conselho de um médico. Medicamentos prescritos para reduzir essas temperaturas em crianças são geralmente ibuprofeno e paracetamol. Um médico deve sempre ser chamado no caso de temperaturas elevadas persistentes.

Tipos de infecções virais

O herpes é um exemplo de uma infecção viral recorrente comum, e a catapora é um exemplo de uma condição com a qual uma pessoa geralmente lida apenas uma vez. HIV e AIDS são dois tipos de infecções virais consideradas fatais.

A gripe é provavelmente a infecção mais comum e que muitas pessoas experimentam inúmeras vezes ao longo de suas vidas.

O vírus herpes simplex pode se referir a dois tipos diferentes de infecções virais. Ambas as infecções são consideradas altamente contagiosas porque podem ser transmitidas pelo simples contato físico. As bolhas recorrentes são a característica mais comum associada a infecções virais por herpes. Todo mundo não experimenta bolhas, e aqueles que tendem a experimentar menos episódios menos graves quanto mais tempo eles têm a infecção. Uma das maiores diferenças entre eles é que o herpes tipo 1 tende a se manifestar em torno da boca. O tipo de herpes 2 é mais provável de ser encontrado infectando os genitais.

Varicela é outra infecção viral que é caracterizada por bolhas cheias de líquido. Com esta infecção, no entanto, essas bolhas podem entrar em erupção em todo o corpo. Eles geralmente são vermelhos e muito coceira. Outros sintomas podem incluir febre e dores de cabeça. A maioria das pessoas que contraem esta infecção o fazem quando crianças. Para as crianças, há poucas complicações sérias ou efeitos colaterais, e elas geralmente nunca terão que lidar com a doença novamente após o episódio inicial. Esta infecção viral pode resultar, no entanto, em sérios problemas para adultos e mulheres grávidas.

Embora a catapora permaneça adormecida nos corpos da maioria das pessoas após o episódio inicial, às vezes o vírus será reativado. Quando isso acontece, um indivíduo estará lidando com uma infecção conhecida como telhas. Esta condição é caracterizada por uma erupção cutânea, mas também tende a ser dolorosa.

Uma pessoa não pode dar outra pessoa às telhas, mas uma pessoa com herpes zoster pode infectar outra pessoa com catapora se a pessoa nunca a tiver.

O HIV e a AIDS são exemplos dos tipos de infecções virais que podem ser fatais. O HIV é um vírus que ataca as células CD4 do corpo, que são uma parte essencial do sistema imunológico. As células CD4 ajudam o corpo a combater infecções e doenças, mas o HIV inibe sua capacidade de fazê-lo. Quando o HIV afeta o sistema imunológico a tal ponto que o corpo tem pouca ou nenhuma capacidade de se proteger, o indivíduo geralmente será diagnosticado com AIDS.

Embora muitas pessoas não o reconheçam, um dos tipos mais comuns de infecções virais é a gripe. É causada pelo vírus da gripe, que entra na corrente sanguínea através do trato respiratório. O vírus faz cópias de si mesmo que infectam as células e fazem com que elas morram. Quando isso acontece, o vírus é liberado e passa a atacar outras células. Durante o curso de uma infecção ativa, uma pessoa freqüentemente apresenta sintomas como tecidos respiratórios inchados, febre e dores no corpo.

O que causa uma Febre Crônica?

A febre crônica, muitas vezes também chamada de febre de origem desconhecida, é uma febre que se mantém recorrente ou não cede e não tem uma causa explicável imediata, como uma infecção viral ou bacteriana óbvia. Tal condição pode ter inúmeras causas, e os médicos aconselham as pessoas a não ignorar esse sintoma. O grau de gravidade da febre de origem desconhecida depende da sua origem, mas, como pode sugerir doença grave, a visita de um médico é justificada.

Muitas vezes os médicos olham primeiro para uma das causas óbvias de febre contínua: infecção no corpo. Isso pode ser relativamente oculto e pode ser devido a um abscesso em algum lugar do corpo ou algo parecido com infecção do trato urinário. A febre da arranhadura do gato, uma infecção bacteriana, às vezes desenvolve sintomas como febre contínua e glândulas linfáticas inchadas, especialmente em crianças, e pode persistir por meses. Os médicos freqüentemente são capazes de verificar a infecção bacteriana com exames de sangue ou exames ao corpo e, por tratamento, podem eliminar a febre.

Certos tipos de infecções virais também podem causar febre crônica. Pacientes com síndrome de fadiga crônica não diagnosticada podem apresentar febre de origem desconhecida. O HIV também pode se manifestar com uma febre crônica ou recorrente.

Há casos em que a febre contínua é evidência de doenças que suprimem o sistema imunológico. Condições como lúpus, artrite reumatóide juvenil e adulta e HIV/AIDS resultam em febre bastante constante. Nesses casos, a infecção bacteriana não precisa estar ativamente presente, mas o corpo produz febre em resposta ao que considera um constante ataque ao sistema imunológico. Alternativamente, doenças como a sarcoidose podem fazer com que o corpo responda com uma febre crônica de baixo grau.

Mais graves são certos tipos de câncer que podem resultar em febre crônica. Doenças como o linfoma têm um efeito sobre o sistema imunológico pode ser um sintoma precoce. Outras formas de câncer também podem produzir febre.

Às vezes, o corpo responde a uma lesão ao desenvolver uma febre. Se um osso se rompe ou dano tecidual ocorre, o corpo pode produzir febre como uma resposta de cura mal direcionada e isso geralmente continua até que a cura esteja avançada. Alternativamente, a origem pode ser outra condição médica não relacionada, como doença cardíaca, ocasionalmente, condições de pressão arterial ou infecções no coração, como endocardite bacteriana, que comprometem sua função.

Desequilíbrio em alguns hormônios do corpo também pode resultar em febre crônica. Quando as pessoas têm condições como hipertireoidismo, onde produzem muito hormônio tireoidiano, elas podem ter febre. Esta condição é fácil de verificar com o teste de sangue.

Uma causa geralmente mais benigna de uma febre crônica é a reação a certos medicamentos. Algumas pessoas podem continuar a tomar medicamentos, mas podem ter uma febre ligeira quando usam certos tipos. Para outros pacientes, a febre de medicamentos pode representar problemas graves. Se a febre é onerosa ou problemática, os medicamentos podem ser trocados ou descontinuados.

Fonte: www.lybrate.com/www.thehealthsite.com/doctor.ndtv.com/www.wisegeek.org/www.healthline.com/www.medicalnewstoday.com/www.mckv.edu.in

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Fenômeno de Ashman

PUBLICIDADE Definição O fenômeno de Ashman, também conhecido como batimento do Ashman, descreve um tipo particular …

Lipogênese

Lipogênese

PUBLICIDADE Definição Lipogênese é a formação metabólica de gordura, a transformação de materiais alimentares não gordurosos …

Cortisol

PUBLICIDADE Definição O cortisol é um hormônio baseado em esteróides e é sintetizado a partir do colesterol …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+