Breaking News
Home / Saúde / Meningocele

Meningocele

PUBLICIDADE

Definição

A meningocele é uma protrusão de meninges e um acúmulo de líquido cefalorraquidiano fora do canal vertebral abaixo da pele e, portanto, requer a presença de uma espinha bífida.

A meningocele é devida à falha de fechamento durante a vida embrionária da extremidade inferior do tubo neural, a estrutura que dá origem ao sistema nervoso central (o cérebro e a medula espinhal).

O termo espinha bífida refere-se especificamente ao defeito ósseo na coluna vertebral através do qual a membrana meníngea e o cordão podem se projetar (espinha bífida cística) ou não sobressair de forma que o defeito permaneça oculto, coberto pela pele (espinha bífida oculta).

No entanto, através do uso, o termo espinha bífida está gradualmente se tornando sinônimo de meningocele.

O risco de meningocele pode ser diminuído pela mãe que ingere um grande volume de ácido fólico durante a gravidez.

Em síntese: Meningocele é uma forma moderada de espinha bífida na qual um saco cheio de líquido é visível fora da área de trás. O saco não contém a medula espinhal ou nervos.

O que é

A meningocele é uma forma de espinha bífida, um defeito congênito relativamente comum. Esta condição congênita afeta as meninges, ou as membranas que envolvem a medula espinhal.

Há uma abertura anormal nas costas através da qual as meninges se projetam, formando um saco.

A meningocele é tipicamente menos grave que outras formas de espinha bífida, e os pacientes geralmente são capazes de funcionar bem.

Quase todos os pacientes com esse defeito congênito precisarão de um tipo de cirurgia chamada reparação de meningocele para evitar mais danos.

A espinha bífida ocorre nas primeiras quatro semanas de desenvolvimento fetal.

Muitas mulheres não confirmam sua gravidez antes que o defeito de nascença já tenha se formado. Normalmente, uma ultra – sonografia é realizada quando a mulher está com 18 a 20 semanas de gravidez e o defeito de nascença pode ser detectado naquele momento.

O médico não poderá determinar se o defeito é meningocele ou uma forma mais grave de espinha bífida até o nascimento do bebê.

Com a mielomeningocele, o tipo mais grave de espinha bífida, a medula espinhal e os nervos estão expostos e danificados. Isso muitas vezes pode levar à paralisia e outros problemas de desenvolvimento.

A meningocele não expõe a medula espinhal e os nervos não devem sofrer danos, particularmente se um reparo da meningocele for realizado prontamente.

A medula espinhal é frequentemente amarrada; no entanto, o que significa que ela está anormalmente afixada ao canal espinhal, causando danos aos nervos à medida que a criança cresce.

Uma medula espinhal presa pode ser reparada com cirurgia.

Em contraste com a mielomeningocele, as crianças com meningocele tipicamente evitam a paralisia e mantêm a função das pernas. Eles são menos propensos a ter problemas de desenvolvimento físico, como a incontinência urinária e intestinal, que são menos comuns com esse defeito congênito.

Um reparo da meningocele geralmente será necessário dentro de 24 a 48 horas após o nascimento da criança, o que normalmente ocorrerá por meio de cesariana para evitar que a área fique mais danificada.

A rapidez desta cirurgia é essencial para prevenir infecções na abertura das costas.

Embora este procedimento não consiga corrigir os defeitos, ele impedirá que os nervos e a medula espinhal fiquem danificados à medida que a criança cresce.

Primeiro, o cirurgião consertará a bolsa que as meninges formaram quando atravessou a abertura nas costas. Se a criança tiver hidrocefalia, que é excesso de fluido no cérebro, uma derivação será posicionada para drenar esse fluido. Esta condição é avaliada com exames de ressonância magnética. Crianças com uma medula espinhal amarrada precisarão liberar as vértebras.

Depois que os reparos são feitos, o cirurgião fechará a abertura nas costas da criança.

Os pais devem esperar que o bebê precise de pelo menos duas semanas de recuperação dentro do hospital.

Uma equipe de atendimento precisará monitorar regularmente o paciente para observar o quão bem ele é capaz de funcionar após a cirurgia.

O paciente provavelmente necessitará de terapia física, fala e ocupacional enquanto cresce.

Fonte: www.upmc.com/www.ajronline.org/www.stlouischildrens.org/www.wisegeek.org/www.merriam-webster.com/www.ncbi.nlm.nih.gov

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Viroides

PUBLICIDADE Definição Os viroides são os menores patógenos infecciosos conhecidos, constituídos apenas por um RNA circular …

Supernova

PUBLICIDADE Uma supernova é a explosão de uma estrela na qual a estrela pode atingir …

Animais Invertebrados

PUBLICIDADE Definição de Invertebrado Invertebrados são animais que não têm espinha dorsal. A coluna vertebral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.