Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Demência

Demência

PUBLICIDADE

O que é

Demência é um conjunto de comportamentos caracterizados por certos padrões mentais ou comportamentais anormais.

A Demência pode se manifestar como violações de normas sociais, incluindo uma pessoa a tornar-se um perigo para si ou para outrem, embora não todos esses atos são considerados insanidade. Da mesma forma, nem todos os atos que mostram indiferença para com as normas da sociedade são atos de insanidade.

No uso moderno, a demência é mais comumente encontrado como um termo não-científica informal denotando a instabilidade mental, ou no contexto jurídico estreito da defesa de insanidade.

Na profissão médica, o termo é agora evitado em favor do diagnóstico de doenças psiquiátricas específicas; a presença de delírios ou alucinações é amplamente referido como a psicose.

O termo “demência” refere-se a uma série de sintomas que se encontram geralmente em pessoas com doenças cerebrais que cursam com destruição e perda de células cerebrais. A perda de células cerebrais é um processo natural, mas em doenças que conduzem à demência isso ocorre a um ritmo mais rápido e faz com que o cérebro da pessoa não funcione de uma forma normal.

Demência é a mesma coisa que loucura?

Não. Em geral, a palavra loucura é aplicada para doenças psiquiátricas, como a esquizofrenia e a psicose. A demência é um quadro neurológico que envolve a perda de neurônios e, consequentemente, das funções a eles associadas. São doenças diferentes, entretanto, na fase mais avançada da Doença de Alzheimer é possível o aparecimento de sintomas como delírios e alucinações, que também são encontrados em pacientes psiquiátricos. Em ambos os casos, é necessário o auxílio de um médico para o uso adequado de medicação, a fim de amenizar tais sintomas.

Qual a diferença entre Loucura, Insanidade Mental e Demência?

Estes vocábulos praticamente são sinônimos, mas vamos detalhar as pequenas diferenças:

Demência: É a perda progressiva da menmória
Loucura: Ação ou comportamento de louco (paixão intensa por algo ou alguém)
Insanidade mental: É a falta de domínio das faculdades mentais – falta de senso.

A Demência

A Demência não é apenas um tipo de doença, ela é considerada uma síndrome, ou seja, é um grupo de sinais físicos e sintomas que a pessoa apresenta, estando presente em várias doenças diferentes.

A demência é uma síndrome caracterizada por múltiplos comprometimentos nas funções cognitiva sem comprometimento da consciência. As funções cognitivas que podem ser afetadas na demência incluem a inteligência geral, aprendizagem, memória, linguagem, solução de problemas, orientação, percepção, atenção, concentração, julgamento, e habilidades sociais. A personalidade do paciente também é afetada.

Definição

As demências podem ser causadas por uma série de doenças subjacentes, relacionadas às perdas neuronais e danos à estrutura cerebral. O padrão central da demência é o prejuízo da memória.

Além disso, pode-se observar prejuízo de pelo menos uma das seguintes capacidades de cognição: atenção, imaginação, compreensão, concentração, raciocínio, julgamento, afetividade, percepção, bem como se verifica afasia, apraxia, agnosia e perturbações nas funções de execução como, planejamento, organização, seqüência e abstração.

As causas de demência incluem lesões e tumores cerebrais, síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS), álcool, medicamentos, infecções, doenças pulmonares crônicas e doenças inflamatórias. Na maioria das vezes as demências são causadas por doenças degenerativas primárias do sistema nervoso central (SNC) e por doença vascular. Cerca de 10 a 15% dos pacientes com sintomas de demência apresentam condições tratáveis como doenças sistêmicas (doenças cardíacas, renais, endócrinas), deficiências vitamínicas, uso de medicamentos e outras doenças psiquiátricas (depressão).

A incidência e a prevalência das demências aumentam exponencialmente com a idade, dobrando, aproximadamente, a cada 5,1 anos, a partir dos 60 anos de idade.

Após os 64 anos de idade, a prevalência é de cerca de 5 a 10%, e a incidência anual é de cerca de 1 a 2%, passando, após os 75 anos de idade, para 15 a 20% e 2 a 4%, respectivamente.

A causa mais comum das demências em idosos continua sendo a Doença de Alzheimer (DA), responsável por mais de 50% dos casos de demências na maior parte dos países.

As demências podem ter as mais variadas etiologias, podendo ser metabólicas, degenerativas, endocrinológicas, nutricionais, infecciosas, cardiovasculares, tóxicas e sensoriais. O comprometimento intelectual nas demências se desenvolve ao longo do tempo, com perda das funções mentais anteriormente adquiridas, de forma progressiva e irreversível na maioria das vezes. O diagnóstico específico das demências depende do conhecimento das diferentes manifestações clínicas e de uma seqüência específica e obrigatória de exames complementares (hematologia, bioquímica e exames de imagem).

O tratamento depende da doença que está causando a demência e da fase em que o paciente se encontra.

Principais características da Demência

Prejuízo da memória: Os problemas de memória podem ser desde um simples esquecimento leve até um prejuízo severo a ponto de não se recordar da própria identidade.
Problemas de comportamento:
Normalmente se caracteriza por agitação, insônia, choro fácil, comportamentos inadequados, perda da inibição social normal, alterações de personalidade.
Perda das habilidades:
São as habilidades adquiridas durante a vida, tais como, organizar os compromissos, dirigir, vestir a roupa, cuidar da vida financeira, cozinhar, etc.
Alterações das funções executivas:
Perda de pensamento abstrato, da capacidade de planejamento, soluções de problemas novos, etc.
Perda de múltiplas funções cognitivas:
Afasia, apraxia, agnosia.

Como identificar a Demência

Os sintomas iniciais de demência variam, mas a perda de memória em curto prazo costuma ser a característica principal ou única a ser trazida à atenção do médico na primeira consulta. Dificuldade com as palavras, prejuízo nos cuidados pessoais, dificuldades em cuidar das finanças ou no desempenho profissional, mudanças de personalidade ou do humor, retraimento social ou comportamento incaracterístico. O paciente, por sua vez, subestima o problema ou não acha que exista algo errado com ele.

Ainda assim, nem todos os problemas cognitivos nos idosos são devidos à demência. Existem muitas doenças ou alterações orgânicas capazes de levar a um quadro demencial. Muitas dessas causas relacionadas à demência são reversíveis, principalmente o uso prolongado de alguns medicamentos, como por exemplo, drogas usadas para hipertensão arterial, diuréticos, alguns hipnóticos.

A depressão também pode esta associada à demência juntamente com o comprometimento da memória, para o diagnóstico de demência deve ser somado um comprometimento de pelo menos mais uma função cognitiva, como por exemplo:

Afasia: é o termo utilizado para descrever a dificuldade ou perda de capacidade para falar, ou compreender a linguagem falada, escrita ou gestual, em resultado de uma lesão do respectivo centro nervoso.
Apraxia:
é o termo usado para descreve a incapacidade para efetuar movimentos voluntários e propositados, apesar do fato da força muscular, da sensibilidade e da coordenação estarem intactas.
Agnosia:
é o termo utilizado para descrever a perda de capacidade para reconhecer o que são os objetos, e para que servem.
Perturbação do funcionamento executivo:
Perda da capacidade de planejamento, organização, seqüenciamento, abstração.

Sntomas

Os sintomas da demência implicam, normalmente, uma deterioração gradual e lenta da capacidade da pessoa para funcionar, que nunca melhora.

O dano cerebral afeta o funcionamento mental da pessoa (memória, atenção, concentração, linguagem, pensamento) e isto, por sua vez, repercute-se no comportamento. Mas a demência não se limita apenas aos tipos degenerativos de demência. Refere-se a um síndrome que nem sempre segue o mesmo curso de desenvolvimento. Em alguns casos, o estado da pessoa pode melhorar ou estabilizar por um determinado tempo. Existe uma pequena percentagem de casos de demência que se podem tratar, ou que são potencialmente reversíveis, mas na grande maioria dos casos, a demência leva à morte. A maior parte das pessoas morre devido a “complicações”, tais como pneumonia, mais do que da demência, propriamente dita. No entanto, quando se declara muito tarde na vida, os efeitos tendem a ser menos severos.

Na fase inicial da doença, a pessoa afetada mostra-se um pouco confusa e esquecida e parece não encontrar palavras para se comunicar em determinados momentos; às vezes, apresenta descuido da aparência pessoal, perda da iniciativa e alguma perda da autonomia para as atividades da vida diária.

Na fase intermediária necessita de maior ajuda para executar as tarefas de rotina, pode passar a não reconhecer seus familiares, pode apresentar incontinência urinária e fecal. Pode apresentar comportamento inadequado, irritabilidade, desconfiança, impaciência e até agressividade; ou pode apresentar depressão, regressão e apatia.

No período final da doença, o individuo torna-se dependente por completo, incapaz de realizar qualquer atividade de vida diária, e fica restrita ao leito, com perda total de julgamento e concentração. Pode apresentar reações a medicamentos, infecções bacterianas e problemas renais. Na maioria das vezes, a causa da morte não tem relação com a doença e sim com fatores relacionados à idade avançada.

Tipos de Demência

Uma das maneiras de se classificar as Demências é quanto à sua causa:

Demências por doenças degenerativas cerebrais: Doença de Alzhaimer, doença de Parkinson, doença de Pick, demência por corpúsculo de Lewy, coréia de Hundtington, doença de Wilson, paralisia supranuclear progressiva, degeneração cortiço-basal, degeneração de múltiplos sistemas, etc.
Demências vasculares:
Demência por multinfartos ( pequenos e múltiplos AVCs), doença oclusiva de artérias carótidas, doença de Binswanger, vasculite, hemorragia subaracnóide, etc.
Demências associada a substâncias tóxicas:
Alcoolismo crônico, metais pesados como mercúrio, chumbo, arsênico, tálio, etc.
Demências por deficiências vitamínicas:
Vitamina B12, ácido fólico, vitamina B1, ácido nicotínico.
Demências por infecções do SNC:
Neurrossífilis, neurocisticercose, demência como seqüela de encefalites.
Demências por hidrocefalias:
Hidrocefalia de pressão normal, e outras hidrocefalias.
Demências por traumas físicos:
Trauma cranioencefálico, choque elétrico, choque térmico, hipertemia, hipotermia.
Demências por tumores intracranianos:
Hematoma subdural crônico, grandes aneurismas, neoplasias cerebrais, meningeomas, etc.
Demências por endocrinopatias e causas metabólicas:
Hipotireoidismo, hipo ou hiperparatireoidismo, hiperinsulismo, demência dialítica, etc.
Demências secundárias à infecção pelo HIV:
Complexo cognitivo-motor da AIDS, leucoencefalopatia multifocal, neurotoxoplasmose, neuroturbeculose, meningoencefalite por citomegalovírus, linfoma do SNC, ETC.

Principais tipos de Demência

Doença de Alzheimer

A Doença de Alzheimer é o tipo mais comum de demência. As causas da Doença de Alzheimer ainda não estão conhecidas, mas sabe-se que existem relações com certas mudanças nas terminações nervosas e nas células cerebrais que interferem nas funções cognitivas. Alguns estudos apontam como fatores importantes para o desenvolvimento da doença.

Aspectos neuroquímicos: diminuição de substâncias através das quais se transmite o impulso nervoso entre os neurônios, tais como a acetilcolina e noradrenalina.
Aspectos ambientais:
exposição/intoxicação por alumínio e manganês.
Aspectos infecciosos:
como infecções cerebrais e da medula espinhal.
Pré-disposição genética:
Ocorre em algumas famílias, não necessariamente hereditária.

Prevenção

Sabemos que à medida que aumenta nossa sobrevida média, hoje em torno de 80 anos, ficamos mais vulneráveis à demência, que hoje afeta 50% das pessoas nessa faixa etária. Caso não tomemos qualquer iniciativa precoce contra esse flagelo, nossa chance de nos tornarmos um encargo financeiro e emocional para nossos familiares é enorme.

Nunca é demais ressaltar a grande ênfase dada ao papel da dieta, em contraponto ao emprego de altas doses de vitaminas, já totalmente superado. A racionalização de agentes antioxidantes foi enfatizada, pois quando utilizados em excesso parecem ter um efeito paradoxal pró-oxidativo, o que explicaria talvez a já comprovada maior mortalidade entre os usuários das vitaminas A, C e E.

A identificação de fatores de risco predisponentes, tanto genéticos quanto de estilo de vida (sedentarismo, obesidade, hipertensão, diabetes, fumo etc.), a intervenção precoce (exercícios, estatinas , dha, curcumin, dieta antioxidante) e o enriquecimento de estímulos às funções cognitivas implicaram substancial redução na ocorrência (mais de 50%).

Quanto mais inicial for o diagnóstico da doença, maiores as chances de influenciar a sua progressão. Novos marcadores biológicos no plasma e no liquor, além do aprimoramento de técnicas radiológicas de ressonância magnética e pet scan, permitem uma melhor caracterização desses casos iniciais (comprometimento cognitivo leve).

Foi também possível o desenvolvimento de tabelas capazes de predizer a chance de desenvolvimento da doença nos próximos 20 anos (acerto de 79%), sendo urgente a necessidade de se criar uma campanha de conscientização pública quanto aos fatores modificáveis, da mesma forma como se fez com relação às doenças cardiovasculares.

Diagnóstico

Geralmente, o médico realiza uma boa entrevista com o paciente. Conversar com os familiares e outras pessoas que convivem com o paciente pode ser extremamente importante.

O diagnóstico de Doença de Alzheimer é feito através da exclusão de outras doenças que podem evoluir também com quadros demenciais como: Traumatismo craniano, acidente vascular cerebral, depressão, aterosclerose, hidrocefalia entre outros.

Uma das dificuldades em realizar um diagnóstico de Doença de Alzheimer é a aceitação da demência como consequência normal do envelhecimento. Tratamento em caso de Demência

A demência é irreversível. Os pacientes com demência devem ser estimulados com exercícios de reabilitação para estimular novas redes de conexão entre os neurônios. Freqüentemente são utilizados fármacos para controlar o nervosismo e os ataques de ira presentes em certos estágios avançados de demência. O médico deve avaliar, em cada caso, a conveniência desse tipo de medicação, pois apresenta graves efeitos colaterais. A manutenção de um ambiente familiar ajuda a pessoa com demência a conservar a sua orientação. Uma agenda bem grande, uma luz acesa durante a noite, um relógio com números grandes ou um rádio podem ajudar na orientação do doente. As rotinas sistemáticas para o banho, a comida ou o sono também fornecem sensação de estabilidade.

Fonte: www.psicologia.pt/en.wikipedia.org/xa.yimg.com/joinville.ifsc.edu.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Afasia transcortical

PUBLICIDADE A afasia é um déficit de linguagem que ocorre como resultado de danos a …

Síndrome da Porta

Síndrome da Porta

PUBLICIDADE Definição A síndrome da porta é uma síndrome de anomalias congênitas múltiplas – deficiência intelectual caracterizada …

Tumor Misto

PUBLICIDADE Definição Um tumor misto é um tumor que deriva de vários tipos de tecido. Os tumores …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+