Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Frequência urinária

Frequência urinária

PUBLICIDADE

Definição

Frequência urinária é a necessidade de urinar muitas vezes durante o dia, à noite (noctúria), ou ambos, mas em volumes normais ou abaixo do normal. A frequência pode ser acompanhada por uma sensação de necessidade urgente de urinar (urgência urinária). A frequência urinária é diferenciada da poliúria, que é a produção de urina> 3 L / dia.

Visão Geral

Micção frequente, ou frequência urinária é a necessidade de urinar mais frequentemente do que o habitual.

Os diuréticos são medicamentos que aumentam a frequência urinária.

Noctúria é a necessidade de micção frequente à noite.

A causa mais comum de frequência urinária para mulheres e crianças é uma infecção do trato urinário. A causa mais comum de frequência urinária em homens idosos é uma próstata aumentada.

A micção frequente está fortemente associada a frequentes incidentes de urgência urinária, que é a necessidade súbita de urinar. Frequentemente, embora não necessariamente, está associado à incontinência urinária e à poliúria (grande volume total de urina). No entanto, em outros casos, a frequência urinária envolve apenas volumes normais de urina em geral.

O número normal de vezes varia de acordo com a idade da pessoa. Entre as crianças pequenas, urinar 8 a 14 vezes por dia é típico. Isso diminui para 6 a 12 vezes por dia para crianças mais velhas e para 4 a 6 vezes por dia entre adolescentes.

O que é Frequência urinária?

Frequência urinária é um termo que significa micção freqüente.

Pode ocorrer em muitos tipos de pessoas (homens, mulheres, idosos, crianças, etc.) e pode resultar de várias condições.

A única coisa que não é considerada frequência urinária é se uma pessoa bebe uma grande quantidade de líquidos e, em seguida, tem micção extra; isso seria normal. Em vez disso, a frequência tende a significar uma micção anormalmente frequente, não relacionada ao consumo de um grande volume de líquidos.

Algumas condições que afetam a bexiga podem causar freqüência urinária. É um sintoma comum de coisas como infecções da bexiga ou de condições em que a bexiga está de alguma forma irritada ou sobrecarregada.

A bexiga hiperativa pode ser um exemplo disso. Gravidez é outra. A cirurgia ou lesão na pelve pode danificar a bexiga e resultar em micção freqüente temporária ou mais duradoura.

Nos homens, a frequência urinária pode ser causada se houver um aumento benigno da próstata, chamado hiperplasia benigna da próstata. Alternativamente, a condição pode ser induzida por cirurgia na próstata ou em qualquer uma das estruturas que compõem o trato urinário. Qualquer um dos sexos pode ter essa condição como resultado de certas doenças, como diabetes, insuficiência cardíaca congestiva e infecções ou doença dos rins.

Outros potenciais fatores causais da frequência urinária incluem envelhecimento, esclerose múltipla e estado psicológico. Alternativamente, a condição pode ser simplesmente um efeito colateral de outros comportamentos. Existem muitos medicamentos que resultam em frequência urinária, incluindo coisas como diuréticos e lítio, que é freqüentemente usado no tratamento do transtorno bipolar.

Dado o vasto número de causas potenciais de freqüência urinária, pode ser difícil se auto-diagnosticar. Às vezes a causa é óbvia. As mulheres grávidas, por exemplo, podem esperar ter maior frequência de necessidade na primeira parte da gravidez e, no terceiro trimestre, o peso do bebê na bexiga pode causar necessidade de “ir” com bastante frequência. Tomar medicamentos que são diuréticos irá induzir este sintoma, e aqueles sobre esses medicamentos devem saber antecipadamente para esperar isso.

Frequência urinária
Frequência urinária

Em outros casos, não está claro por que a condição está ocorrendo, especialmente se o início é repentino. Sintomas como dor durante a micção ou presença de sangue na urina podem indicar infecção ou outras doenças. Dado que a frequência urinária pode sugerir distúrbios renais, aumento da próstata, diabetes ou uma variedade de infecções, é muito importante consultar um médico se esta condição surgir. Com exames e testes, os médicos podem determinar a causa do problema e podem sugerir medidas para aliviá-lo ou curá-lo completamente. Além disso, um médico pode sugerir tratamento para quaisquer condições médicas subjacentes que sejam muito graves e que precisem de cuidados imediatos.

Frequência urinária – Tratamento

Existem muitos tratamentos para a micção frequente em adultos, com o melhor tratamento dependendo da causa da condição.

Algumas pessoas se beneficiam de mudanças em sua dieta, estilo de vida ou atitude.

Outros acham que medicamentos de prescrição são necessários para ajudar a aliviar o desejo de urinar e tornar suas vidas mais fáceis.

Em casos extremos, a intervenção cirúrgica pode ser necessária.

Mudanças de estilo de vida

Os urologistas costumam sugerir que o exercício regular e uma dieta rica em fibras podem ajudar a manter uma digestão saudável. Além disso, evitar álcool e cafeína, ambos diuréticos, pode reduzir o desejo de ir. Se fatores comuns forem descartados, a necessidade de urinar com freqüência pode ser um indicador de um problema médico.

Muitas condições podem ser responsáveis por este problema, o que não é incomum, especialmente em adultos mais velhos. Preocupar-se com estas possibilidades, muitas vezes, tornar a situação pior, no entanto, é melhor consultar com um profissional médico.

Tratar infecções do trato urinário

Infecções do trato urinário são muitas vezes o culpado quando um paciente saudável relata um aumento na micção.

Essas infecções geralmente são causadas por bactérias, e vários antibióticos diferentes podem ser usados para tratá-las. Muitas vezes, a infecção desaparece dentro de alguns dias de tratamento e o desejo de urinar deve diminuir.

Algumas pessoas, especialmente mulheres na pós-menopausa e pessoas que usam cateteres, são propensas a infecções do trato urinário recorrentes ou persistentes e podem necessitar de tratamento antibiótico a longo prazo.

Tratamento para uma bexiga hiperativa

Quando as infecções do trato urinário são descartadas, a razão mais comum para a micção freqüente é uma condição chamada bexiga hiperativa. Neste caso, os nervos ou músculos que controlam a bexiga reagem exageradamente à presença de pequenas quantidades de urina.

Embora as causas dessa condição ainda não sejam totalmente compreendidas, ela pode ser aliviada por um dos vários medicamentos prescritos:

Os anticolinérgicos bloqueiam os mensageiros químicos que causam a contração da bexiga.
Algumas formas de antidepressivos fazem com que os músculos da bexiga relaxem.
O estrogênio pode melhorar a função do nervo e ajudar algumas mulheres.
O hormônio sintético desmopressina faz com que o corpo produza menos urina.

Injeções de toxina botulínica, mais conhecidas como Botox®, também têm sido usadas para relaxar os músculos da bexiga.

Compulsão Comportamental

A micção frequente também pode ser causada por uma compulsão comportamental. Em outras palavras, uma pessoa inadvertidamente “treina” consigo mesma para urinar com mais frequência do que os processos corporais naturais exigem. Se esta é a causa, a terapia cognitivo-comportamental pode ser a resposta: a pessoa pode reciclar sua bexiga para ser menos ativa. Em casos raros, a compulsão pode ser tão severa que se qualifica como comportamento neurótico. Se um profissional médico suspeitar disso, ele poderá encaminhar o paciente a um terapeuta ou psicólogo comportamental.

Tratar uma próstata alargada

Em homens com mais de 40 anos, o controle reduzido da bexiga ou a incontinência podem indicar um aumento da próstata. Embora essa condição possa ter muitas causas, o inchaço da próstata pode ser um sinal de câncer de próstata, uma das formas mais letais de câncer. Por esse motivo, mudanças nos hábitos de micção não devem ser desmarcadas em homens dessa faixa etária. O tratamento para um aumento da próstata depende da causa e do grau de aumento, mas os medicamentos para encolher a glândula ou relaxar o colo da bexiga podem ser usados. Em alguns casos, a cirurgia para remover o tecido da próstata ou aliviar a pressão na uretra, que passa pela glândula, pode ser usada.

Outras condições médicas

Diabetes, doença de Parkinson, esclerose múltipla e outras condições médicas também podem criar uma necessidade freqüente de urinar. Geralmente é necessário tratar a causa subjacente, se possível, para aliviar os sintomas urinários.

Além disso, as mulheres grávidas descobrem que a micção freqüente é uma complicação comum da gravidez, causada pela pressão do feto na bexiga. Uma vez que a criança nasce, a necessidade de urinar muitas vezes geralmente desaparece.

Remédios Cirúrgicos

Existem opções cirúrgicas disponíveis para pacientes que não são ajudados por terapias menos invasivas, como medicamentos ou mudanças no estilo de vida. Um é o estimulador do nervo sacral, um dispositivo regulador artificial implantado no paciente para ajudar a regular os músculos da bexiga. Outro procedimento é chamado de citoplastia de aumento.

A colocação de um estimulador de nervo sacral é semelhante ao processo de inserção de um marcapasso coronariano, e serve a uma função semelhante. O pequeno dispositivo é colocado no abdome do paciente e conectado aos nervos sacrais, as células nervosas localizadas sob o cóccix que controlam a excreção.

Este estimulador ajuda a regular as respostas nervosas à bexiga que podem ter sido comprometidas devido à idade, lesão ou condições médicas.

Citoplastia de aumento envolve a remoção de um pequeno pedaço de tecido do intestino, que é então usado para aumentar a bexiga. Com mais espaço para coletar urina, o desejo de ir geralmente ocorre com menos frequência. Após a cirurgia, muitos pacientes precisam usar um cateter para urinar, no entanto. O cateterismo urinário está ligado a um risco aumentado de infecções da bexiga e dos rins e, por isso, pode ser ainda mais inconveniente do que o problema inicial.

Como resultado, esse tipo de cirurgia tende a ser usado apenas como último recurso.

Quais são as causas de micção frequente em mulheres?

Micção frequente ocorre quando a bexiga enche ou se sente cheio mais rápido que o normal. Geralmente, urinar mais de oito vezes por dia é considerado de alta frequência. A micção freqüente em mulheres pode ser causada por uma variedade de fatores, desde uma simples hiperidratação até condições médicas graves.

Prestar atenção a qualquer sintoma que ocorra ao lado da micção freqüente em mulheres pode ajudá-las a buscar o tratamento correto para o problema.

Uma das causas mais comuns de micção frequente em mulheres é uma infecção do trato urinário, ou UTI. Isso ocorre quando as bactérias são empurradas através da uretra e chegam à bexiga, causando inflamação, sensação de urgência urinária e aumento da frequência. Infecções do trato urinário são geralmente fáceis de tratar com antibióticos, mas requerem atenção médica. Sem tratamento, a infecção do trato urinário pode se espalhar para os rins, causando uma infecção grave que pode ser mais difícil de tratar.

Algumas mulheres que experimentam episódios recorrentes de micção freqüente e outros sintomas de infecção do trato urinário, mas com teste negativo para uma infecção da bexiga, podem ter uma condição conhecida como cistite intersticial. Esta condição pouco compreendida é o resultado de uma bexiga facilmente irritável, que pode se tornar inflamada devido a escolhas alimentares. A cistite é muito difícil de diagnosticar, e as curas nem sempre são eficazes. A maioria dos meios de tratamento inclui restrições alimentares, incluindo o corte de álcool, cafeína, frutas cítricas, açúcar e chocolate.

Micção frequente em mulheres é, por vezes, um dos primeiros sinais de gravidez. À medida que o útero se expande durante as primeiras semanas após a concepção, uma pressão adicional é colocada na bexiga. Isso pode fazer com que a bexiga fique cheia o tempo todo, resultando em viagens constantes para o banheiro feminino. Esta condição pode diminuir um pouco mais tarde na gravidez, mas algumas mulheres continuam a ter problemas com micção freqüente durante toda a gestação.

Alguns programas dietéticos e de suplementos podem contribuir para a micção frequente. As mulheres que bebem uma quantidade elevada de líquidos podem sentir este sintoma quando o corpo processa todo o líquido.

Os diuréticos também fazem com que o corpo elimine o líquido a uma taxa muito mais alta do que o normal, levando ao aumento da necessidade de urinar.

Certos medicamentos destinados a tratar a hipertensão arterial podem ter um efeito diurético, assim como determinados alimentos e suplementos alimentares destinados a ajudar na perda de peso.

Causas potenciais mais perigosas para micção frequente em mulheres incluem diabetes e câncer de bexiga ou de ovário. Estas condições são geralmente encontradas através de testes quando outros tratamentos não são eficazes. Uma história de diabetes ou câncer na família torna essas condições mais prováveis, mas ainda são bastante raras, mesmo com fatores de risco.

Quais são as causas de micção frequente na gravidez?

A necessidade de urinar frequentemente pode começar quase tão logo a mulher aprenda que está grávida. Micção frequente na gravidez é geralmente causada por um aumento na quantidade de líquido no interior do corpo. Durante o terceiro trimestre, as mulheres geralmente têm um desejo crescente de urinar, porque, à medida que o bebê cresce, ele pode colocar muita pressão sobre a bexiga. O desejo de urinar durante a gravidez pode piorar em vez de melhorar à medida que a gravidez progride. Há algumas coisas que uma mulher pode fazer para ajudar a diminuir sua frequência urinária, mas na maioria dos casos, a única coisa que cuida do problema é entregar o bebê.

Micção frequente na gravidez pode começar tão cedo quanto seis semanas e durar até que uma mulher oferece. Durante as primeiras semanas, o bebê não é grande o suficiente para pressionar a bexiga, então a necessidade de urinar não é resultado disso. A causa da micção freqüente no início da gravidez é devido ao fato de que há mais sangue dentro do corpo de uma mulher, o que significa que há mais líquido em geral. As mulheres grávidas também tendem a produzir grandes quantidades do hormônio hCG (gonadotrofina coriônica humana), o que pode fazer com que a mulher precise urinar mais frequentemente.

Frequência urinária
Quando um bebê cresce dentro de uma mãe, ele frequentemente coloca
mais pressão sobre a bexiga da mãe, causando freqüente micção

À medida que a gravidez avança, o útero começa a crescer e seu tamanho maior pode pressionar mais a bexiga. Além do tamanho aumentado do útero, o bebê cresce e começa a se movimentar. Os fetos podem se posicionar de tal forma que exercem muita pressão sobre a bexiga de uma mulher, o que geralmente causa micção freqüente na gravidez. Algumas mulheres podem achar que, no terceiro trimestre, precisam se levantar para urinar até dez vezes em uma noite. Isso pode dificultar o sono durante os últimos meses de gravidez.

Os médicos costumam sugerir que as mulheres grávidas evitem coisas como café, chá e refrigerante, que podem ter um leve efeito diurético.

Também é tipicamente considerado útil para as mulheres grávidas evitarem beber qualquer coisa nas últimas horas antes de dormir e que tentem esvaziar completamente suas bexigas antes de dormir. Inclinar-se para a frente enquanto urina pode ajudar a garantir que a bexiga esvazie todo o fluido i. Algumas mulheres têm sucesso com essas dicas, mas outras afirmam que nada ajuda a acabar com a micção freqüente na gravidez. Se evitar líquidos diuréticos e bebidas antes de dormir não ajuda em sintomas frequentes de micção, a maioria das mulheres pode ter certeza de que elas só precisam sofrer com isso até o nascimento do bebê, quando os sintomas geralmente acabam.

Fonte: www.mayoclinic.org/my.clevelandclinic.org/www.wisegeek.org/www.midmichigan.org/www.bladderandbowel.org/medlineplus.gov/www.chop.edu

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Piebaldismo

O que é PUBLICIDADE O piebaldismo é um distúrbio autossômico dominante raro, caracterizado pela ausência …

Desidratação

PUBLICIDADE O que é A desidratação ocorre quando seu corpo perde mais fluido do que …

Síndrome de Williams

Síndrome de Williams

PUBLICIDADE A síndrome de Williams é um distúrbio do desenvolvimento que afeta muitas partes do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database. You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation