Breaking News
Home / Saúde / Bradicinina

Bradicinina

PUBLICIDADE

A bradicinina é um nonapeptídeo vasoativo e é removida de forma muito eficaz durante a passagem pelo pulmão e outros leitos vasculares.

A razão pela qual a bradicinina não é chamada de proteína é porque ela é composta apenas de nove aminoácidos, uma proteína precisa ter pelo menos 20 aminoácidos para ser considerada uma proteína.

Então, a bradicinina é simplesmente chamada de peptídeo.

O que é

A bradicinina é um peptídeo encontrado no corpo que ajuda a aumentar ou abrir os vasos sanguíneos. Isso reduz a pressão arterial e permite que o sangue flua mais suavemente por todo o corpo.

Muitas marcas de medicamentos para baixar a pressão arterial ajudam a aumentar a produção de bradicinina ou a evitar que ela diminua dentro do corpo devido a certas condições.

Os profissionais médicos notaram que a bradicinina ajuda a tornar o tecido muscular mole, como os vasos sanguíneos, mais permeável e permite que ele se contraia e se abra.

Compreendendo os mecanismos do próprio corpo para controlar a pressão sanguínea, os cientistas podem descobrir formas mais novas e seguras de tratar a hipertensão em pacientes com condições crônicas.

A descoberta da bradicinina foi liderada pelo Dr. Mauricio Rocha e Silva, juntamente com outros pesquisadores no Brasil.

Na época eles estavam estudando os efeitos do choque circulatório, principalmente causados por enzimas comumente encontradas no veneno.

Eles descobriram no plasma de certos animais após serem introduzidos no veneno de uma cobra brasileira, e os efeitos resultantes sobre os vasos sanguíneos foram observados.

Isso também levou a uma melhor compreensão de como certas toxinas invadem a corrente sanguínea tão rapidamente.

Eles geralmente induzem a produção de bradicinina dentro do corpo, permitindo que o veneno circule mais rapidamente.

Em alguns casos, o uso de medicamentos para hipertensão relacionados à bradicinina, também chamados de inibidores da ECA (enzima conversora de angiotensina), pode causar uma tosse seca crônica.

Este é o motivo número um pelo qual os pacientes descontinuam o uso de drogas inibidoras da ECA.

Outros medicamentos oferecidos não causam essa reação, mas eles não são tão eficazes e, portanto, apenas recomendados para aqueles com hipertensão leve.

A menos que a tosse se torne grave, os pacientes com hipertensão crônica ou grave podem ser aconselhados a continuar tomando os medicamentos inibidores da ECA, às vezes em doses menores.

Os pesquisadores também observaram uma ligação entre a superprodução de bradicinina e o desenvolvimento de angioedema hereditário.

As drogas foram criadas para inibir a produção e se mostraram eficazes.

Há também maneiras naturais de retardar a produção de bradicinina, incluindo folhas e caules de abacaxi, polifenóis e aloe.

Um médico deve ser consultado antes que grandes quantidades dessas substâncias sejam consumidas, principalmente aquelas com pressão alta.

Fonte: Colégio São Francisco

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Macrocefalia

PUBLICIDADE Definição Macrocefalia (ou “cabeça grande”) é uma razão muito comum para o encaminhamento a um …

Síndrome da Cabeça Chata

PUBLICIDADE O que é A síndrome da cabeça chata é uma condição na qual a cabeça de …

Polifagia

Polifagia

PUBLICIDADE Definição A polifagia é uma condição caracterizada por fome excessiva e aumento do apetite. Não importa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.