Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Saúde / Calcificação da Mama

Calcificação da Mama

PUBLICIDADE

Definição

As Calcificações mamárias são pequenas áreas de cálcio no tecido mamário (seio). Elas não causam nenhum sintoma e você não pode senti-las.

Eles geralmente são encontrados durante uma radiografia de mama rotineira (mamografia) e que se parecem com manchas brancas.

Essas manchas brancas que aparecem são na verdade pequenos pedaços de cálcio que foram depositados no tecido mamário.

As calcificações podem ou não sugerir câncer.

A maioria das calcificações é benigna, o que significa que elas não são cancerosas.

Se eles não são benignos, eles podem ser o primeiro sinal de pré-câncer ou câncer de mama precoce.

As calcificações mamárias são vistas em mamografia com bastante frequência, especialmente à medida que você envelhece. Cerca de 10% das mulheres com menos de 50 anos têm calcificações na mama e cerca de 50% das mulheres com mais de 50 anos as têm.

O que é Calcificação da Mama?

A calcificação da mama refere-se a depósitos de cálcio no tecido mamário que são revelados através de exames de mamografia de rotina. Estes depósitos podem ser classificados como microcalcificação ou macrocalcificação.

Embora a calcificação da mama seja comumente benigna, certos depósitos podem levar a uma condição pré-cancerosa ou câncer de mama, se não forem monitorados adequadamente.

Os depósitos de cálcio podem se desenvolver por vários motivos, incluindo implante de mama, exposição prévia à radiação ou obstrução de cálcio por um ducto de leite, e eles geralmente ocorrem em mulheres na pós-menopausa com mais de 50 anos de idade.

Macrocalcificação geralmente aparece como grandes massas brancas em uma mamografia. Essas áreas não podem ser sentidas durante exames de rotina de mama pela mulher ou seu médico. Este tipo de calcificação da mama é quase sempre benigna e geralmente não requer tratamento ou testes adicionais, exceto mamografias anuais como parte de um exame físico geral.

Microcalcificação também é rotineiramente benigna, mas é uma forma de calcificação da mama que requer monitoramento e possível tratamento. Ele aparece em uma mamografia como pequenos pontos brancos, com alguns tão pequenos quanto um grão de areia. Se microcalcificação aparece nos dutos de leite, é considerado um precursor do câncer de mama. Se não tratada, a microcalcificação pode se espalhar e evoluir para câncer de mama.

Mulheres que foram diagnosticadas com microcalcificação podem precisar de mamografias mais frequentes para avaliar o potencial de disseminação dos depósitos. Alguns médicos também podem solicitar uma biópsia da área ou a ressonância magnética para coletar mais informações sobre a situação. As ressonâncias magnéticas frequentemente indicam condições que não são visíveis nos raios X tradicionais.

calcificação da mama pode ser causada por vários fatores diferentes.

Algumas mulheres que desenvolvem cistos no tecido mamário mais tarde apresentam depósitos de cálcio. Uma lesão na mama também pode causar a condição, assim como a radiação para uma luta anterior com câncer de mama. A calcificação da pele ou dos vasos sanguíneos que se espalha para a mama também pode levar à calcificação da mama.

Calcificação da Mama
Um fibroadenoma de mama pode ser a causa da calcificação da mama

Outras causas incluem fibroadenoma, que é um nódulo não canceroso encontrado no seio durante os anos produtivos de uma mulher; ectasia do ducto mamário, um acúmulo de líquido que obstrui o mamilo de mulheres tipicamente mais velhas; ou mastite, uma inflamação da mama que é comum nas mulheres nos primeiros meses de amamentação.

O que são calcificações mamárias?

Calcificações mamárias são depósitos de cálcio localizados dentro do tecido mamário. Eles não podem ser sentidos através de um exame da mama. Em vez disso, eles são revelados através de uma mamografia.

Os dois tipos de calcificações mamárias são: macrocalcificações e microcalcificações.

Macrocalcificações são geralmente não cancerosas, enquanto microcalcificações podem ser malignas.

Macrocalcificações aparecem como grandes manchas brancas em uma mamografia. Eles geralmente são o resultado de inflamação, lesões antigas e artérias mamárias que estão envelhecendo.

Microcalcificações aparecem como pequenas manchas brancas em uma mamografia.

Eles geralmente estão localizados no meio das células que se dividem rapidamente. Quando as partículas estão agrupadas, elas são, às vezes, o sinal de alerta de que o câncer está presente. Neste caso, o médico geralmente pede uma biópsia da mama.

Quando as calcificações de mama são encontradas em uma mamografia, o médico amplia os raios X para determinar o tamanho, a quantidade e a forma dos depósitos de cálcio. Essas características determinam se os depósitos são benignos ou possivelmente cancerígenos. Se uma biópsia da mama está programada porque os depósitos são possivelmente cancerígenos, o médico pode optar por realizar a biópsia de duas maneiras.

O primeiro tipo de biópsia é chamado de biópsia cirúrgica. Usando anestesia local ou geral, o cirurgião usa uma agulha e injeta corante azul no local onde os depósitos de cálcio estão localizados. O tecido mamário é removido da área para que possa ser examinado em um laboratório médico.

Calcificação da Mama
Anatomia da Mama – Algumas mulheres têm depósitos de calcificação devido aos ductos mamários bloqueados

O segundo tipo de biópsia é chamado biópsia por agulha de núcleo estereotáxica. Quando isso é realizado, a paciente recebe anestesia local para permanecer acordada durante o procedimento. Em seguida, o cirurgião usa uma agulha oca para remover pequenas camadas de tecido mamário. O tecido é então enviado para o laboratório médico para análise.

Nem todas as calcificações da mama são causadas por câncer. Mulheres com calcificações mamárias podem ter sofrido lesões mamárias no passado. Alguns podem ter cistos mamários ou calcificação dos vasos sanguíneos ou da pele. Outras mulheres podem ter depósitos de calcificação porque bloquearam ductos mamários ou receberam radioterapia no passado.

Calcificações mamárias encontradas em uma mamografia são levadas a sério pelos médicos. A presença desses depósitos de cálcio pode ser um sinal precoce de câncer de mama. Mulheres que possuem depósitos de cálcio em ambos os seios têm maior chance de desenvolver câncer de mama.

Aqueles com depósitos em apenas um seio têm menor risco de desenvolver essa doença grave. Se uma biópsia revelar que os depósitos são benignos, o médico recomendará que os pacientes retornem para uma mamografia de acompanhamento em seis meses. Isso permitirá que o médico monitore de perto a aparência dos depósitos. Mudanças no tamanho, aparência e quantidade podem revelar que o câncer de mama está começando a se desenvolver.

O que causa depósitos de cálcio na mama?

Depósitos de cálcio de mama, que são compostos de aglomerados de cristais de fosfato de cálcio e colágeno, podem se formar por uma variedade de razões.

Podem estar relacionados a danos no tecido mamário, que podem resultar de inflamação ou lesão, ou simplesmente fazer parte do processo de envelhecimento.

Crescimentos nas mamas, como cistos ou fibroadenomas, bem como as células cancerígenas do carcinoma ductal in situ, podem causar depósitos de cálcio.

Problemas que levam a bloqueios nos dutos de leite, como ecstasia do ducto mamário ou mastite, também podem ser os culpados.

Quando o tecido mamário é danificado, há uma chance maior de que os depósitos de cálcio da mama se desenvolvam lá. As mulheres que sofreram danos físicos ou danos a um ou a ambos os seios, como um traumatismo contuso, tendem a pegá-las. Cirurgias mamárias, nas quais são feitas incisões no tecido mamário que requerem pontos, também podem promover calcificações. Aqueles que foram submetidos a tratamento para câncer de mama e necessitaram de radioterapia às vezes são propensos a depósitos de cálcio. Mulheres mais velhas, particularmente aquelas que já passaram pela menopausa, geralmente tendem a desenvolvê-las à medida que o tecido mamário se degenera.

Outra causa comum de depósitos de cálcio da mama são crescimentos anormais nas mamas. Calcificações podem tender a se formar em torno de cistos, que são sacos benignos cheios de líquido que podem se formar. Os tumores conhecidos como fibroadenomas, que são sólidos, nódulos não-cancerosos nos seios, também podem desencadear seu desenvolvimento.

Outro tipo de crescimento que pode levar a depósitos de cálcio é o carcinoma ductal in situ, ou CDIS, que é uma forma muito precoce de câncer de mama que ocorre nos ductos lácteos. Os implantes de mama ou outros corpos estranhos nos seios também podem levar a calcificações no tecido adjacente.

Questões que afetam os dutos de leite são freqüentemente a causa dos depósitos de cálcio da mama, particularmente se os dutos ficarem bloqueados e o fluido se acumular. Ductos sob os mamilos podem dilatar e engrossar, causando acúmulo de líquido, uma condição conhecida como ecstasia do ducto mamário e um gatilho comum de depósitos de cálcio. Às vezes, os ductos são bloqueados pelo leite quando as mulheres estão amamentando pela primeira vez seus recém-nascidos, e esses bloqueios podem levar a uma infecção conhecida como mastite, outra causa frequente de calcificações. Se os dutos ficarem bloqueados por crescimentos, cistos ou outros corpos estranhos, o mesmo resultado pode ocorrer.

O que são Calcificação da Mama?

Calcificações mamárias são pequenas manchas de sais de cálcio. Eles podem ocorrer em qualquer parte do tecido mamário. Eles são muito pequenos, então você não poderá senti-los e eles não causarão dor.

Calcificações mamárias são muito comuns e geralmente se desenvolvem naturalmente com o envelhecimento da mulher. Eles geralmente são benignos (não câncer). Calcificações mamárias benignas não aumentam o risco de desenvolver câncer de mama.

Calcificações mamárias podem ocasionalmente ser um sinal precoce de câncer. Devido a isso, seu médico ou enfermeiro pode querer que você faça mais exames para verificar que tipo de calcificações você tem.

Às vezes eles se formam por causa de outras alterações na mama, como um fibroadenoma ou cisto de mama. Eles também podem se formar se você teve uma infecção ou lesão na mama, ou se você fez uma cirurgia ou um implante mamário.

Calcificações mamárias podem se desenvolver nos vasos sanguíneos da mama. Elas podem estar relacionadas à idade ou serem causadas por outras condições médicas, como problemas cardíacos ou diabetes, mas geralmente não exigem avaliação adicional.

Como eles são encontrados

As calcificações mamárias geralmente são encontradas por acaso durante uma mamografia de rotina (radiografia de mama) ou durante uma investigação em uma clínica de mama para outro problema mamário. As calcificações aparecem em uma mamografia como pequenas manchas brancas.

Quando você faz uma mamografia, ela é examinada por um ou dois radiologistas.

Quando as calcificações são encontradas, elas olham com cuidado para:

Seu tamanho – macrocalcificações (grandes) ou microcalcificações (pequenas)
Sua forma – como redonda, “como pipoca” ou “haste grande como”
Seu padrão – como dispersos, em uma linha ou em um grupo.

Eles classificarão as calcificações como sendo benignas, indeterminadas (incertas) ou suspeitas de serem cânceres.

Fonte: www.breastcancercare.org.uk/www.wisegeek.org/www.mayoclinic.org/www.macmillan.org.uk/www.cancer.ca/www.healthline.com/www.cancer.gov

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Síndrome da Porta

Síndrome da Porta

PUBLICIDADE Definição A síndrome da porta é uma síndrome de anomalias congênitas múltiplas – deficiência intelectual caracterizada …

Tumor Misto

PUBLICIDADE Definição Um tumor misto é um tumor que deriva de vários tipos de tecido. Os tumores …

Síndrome de Asperger

PUBLICIDADE Definição A síndrome de Asperger é um distúrbio do desenvolvimento. É um transtorno do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+