Breaking News
Home / Saúde / Muco Cervical ou Billings

Muco Cervical ou Billings

O que é?

PUBLICIDADE

É a identificação do período fértil da mulher através de seu muco cervical (que é uma secreção natural da mulher), para saber qual o período em que a ela não deverá ter relações sexuais.

Como se usa?

A mulher deve observar todos os dias as mudanças que ocorrem no muco cervical (é uma secreção natural da mulher que varia de acordo com o ciclo menstrual), que são mais evidentes durante os dias da ovulação, quando esse muco fica com aparência de clara de ovo cru e ao contato com os dedos, fica mais elástico e transparente. O dia em que o muco se estica mais é chamado de ápice. Não se deve ter relações sexuais a partir do dia em que aparece o muco, até o 4º dia após o dia do ápice do muco, porque seria o período fértil da mulher.

Quais as chances de que o muco falhe?

A taxa de falha varia entre 2 e 25 % em um ano. Ou seja, de cada 100 mulheres que usam durante um ano de duas a 25 engravidam.

O muco faz mal para a saúde?

Não, por se tratar de um método comportamental, não existem efeitos colaterais.

Quais os efeitos não anticonceptivos?

Ajuda os adolescentes a conhecerem melhor como é e como funciona seu corpo

Não apresenta efeitos colaterais

IMPORTANTÍSSIMO

Não existem restrições para o seu uso. Entretanto, é fundamental conhecer a forma correta de usá-lo; para isso, é extremamente importante procurar orientação em um serviço de saúde.

Fonte: www.adolescencia.org.br

Muco Cervical ou Billings

Uma das formas de termos indícios se o nosso ciclo está funcionando ou não é o método Billings ou do Muco Cervical.  Diariamente podemos observar no fim do dia o muco que saiu da vulva (mas não é recomendado inspeção interna, devido ao risco aumentado de infecção.)

O ciclo se inicia com o primeiro dia da menstruação.  Nos dias que se seguem a menstruação, a percepção é de secura ou pouco muco, seguindo-se a esses dias uma curta fase de muco pegajoso. 

No período fértil, quando se aproxima a ovulação, o muco passa a ter um aspecto escorregadio e elástico (parecendo clara de ovo), devido ao aumento do hormônio estrogênio que acontece próximo a ovulação. 

Além disso a vulga costuma a estar mais inchada e sensível, assim como a libido costuma a estar mais alta.  Até que a ovulação ocorra, o muco tenderá a ser cada vez mais elástico.  Esse muco é ideal para o trajeto dos espermatozóides. 

Além disso nesta fase, o útero se encontra com a entrada aberta para o caminho dos espermatozóides.

Após a ovulação, ele tenderá a perder a elasticidade ficando aquoso e posteriormente pegajoso (com o aspecto de creme pra pele extra-seca) devido ao aumento do hormônio progesterona.  A entrada do útero também voltará a se fechar.   

O Método Billings individualmente não é uma forma confiável de se confirmar ovulação. 

É possível ter o muco elástico e mesmo assim não estar havendo ovulação devido a algum problema, por exemplo, relacionado ao rompimento dos folículos entre outros (uma vez que o muco apenas prova que o estrogênio está alto, mas não prova a ocorrência de ovulação). 

É também possível estar havendo ovulação, mas a fase pós-ovulatória, fase lútea, está com algum fator que atrapalhe a implantação do embrião, como baixa produção hormonal fazendo com que o ciclo fique curto ou o endométrio (camada que reveste o útero) inapropriado para a nidação (implantação). 

A fase pós-ovulatória deve durar preferencialmente no mínimo 12 dias para propiciar a implantação do embrião (a duração da fase lútea costuma ser entre 11 e 16 dias). 

Por outro lado, é possível internamente o muco ser produzido e no entanto passar despercebido pela mulher.  O ideal é conciliar este método com outro método para confirmar a ovulação. 

Um método caseiro de muita utilidade é a Temperatuda Basal.

Fonte: www.woomb.org

Muco Cervical ou Billings

Muco Cervical ou Billings
Muco Cervical ou Billings

O muco cervical pode ser usado para saber se a mulher está em período fértil.

Após a menstruação o muco está muito reduzido ou ausente, a mulher não está em fase fértil.

Com o amadurecimento do folículo o muco começa por surgir atingindo a sua plenitude durante a ovulação (período fértil).

Para controlar o muco a mulher deve registar a sua presença, através da recolha à entrada do órgão genital feminino (vulva), podendo estudar a sua consistência e características.

O muco durante a fase fértil se for colocado entre os dedos, como na figura em baixo, mantém a sua distensão

Fonte: www.saude24.net

Muco Cervical ou Billings

O que é?

É o Método no qual a mulher avalia as alterações da quantidade e principalmente a qualidade do seu muco cervical para detectar a fase fértil do ciclo evitando a gravidez.

Muco (indicador de fertilidade)

As características do muco observada ao longo dos dias devem ser registradas em gráfico à noite com os códigos: verde para seco, amarelo para muco e vermelho para sangramento.

Sinal verde: Após a menstruação, devido aos baixos níveis de estrógeno e progesterona, o muco cervical é muito pouco ou ausente(sensação de secura). Tem característica de ser espesso, denso e pegajoso. Esta ausência de muco indica infertilidade. Se o crescimento folicular ocorrer rapidamente durante ou logo após a menstruação, o muco logo aparece e esta fase infertil É AUSENTE ou REDUZIDA EM DIAS. (nas mulheres que contém ciclo menstrual menor).

Muco Cervical ou Billings
Muco pré-ovulatório, não distende, rompe-se

Fase fértil: encontramos nessa fase o crescimento folicular e grande produção de estrógeno, estimulando as criptas cervicais a produzirem muco, notado na mulher a sensação de umidade. O muco é fino, esticável ou filante, claro, abundante, mais aquoso (contém 98% de água). Algumas mulheres descrevem esse tipo de muco como clara de ovo, branco, embora possa ser opaco, amarelado ou avermelhado. O pico do muco correspode ao pico da secreção de estrógeno. Este dia do pico do muco, fisiologicamente , antecede a ovulação por não mais do que 3 dias.

Muco Cervical ou Billings

Muco Cervical ou Billings
Muco distensível, tipo fertil

Muco claro, tipo fértil, pico

Segunda fase infértil: após a ovulação , há então uma alteração brusca das características do muco, devido a queda dos níveis de estrógeno e aumento da progesterona, diminuindo a quantidade e as características do muco tornando-se novamente espesso, denso. (Assim, dando-se 3 dias para ovulação, mais 1 dia para a fertilidade do óvulo, a segunda fase infértil do ciclo inicia-se, geralmente no quarto dia após o dia do pico de muco).

Como detectar essas alterações?

Sensação: pode ser de secura indicando infertilidade, de umidade (molhada) indicando fertilidade máxima, ou sensação nem seco, nem molhado, referido como umidade leve (indica FERTILIDADE POTENCIAL).

Muco: deve ser observado na vulva, usualmente no papel do toilete no momento da micção. Podendo notar cor, fluidez, espessura, transparência, filância.

Regras para o uso do método para evitar a gravidez sugere-se:

Os primeiros cincos dias de fluxo menstrual (período menstrual) mais os dias secos alternados antes da ovulação são considerados dias inférteis. Sugere-se fazer relação sexual em dias alternados, pois o esperma (fluido seminal) pode mascarar a observação do muco.

FASE FÉRTIL: o primeiro dia fértil do ciclo é o dia no qual há SENSAÇÃO DE UMIDADE OU O MUCO CORRE. O último dia fértil é o quarto dia após o sintoma do dia do pico do muco.

Fase infértil pós-ovulatória: se estende desde o entardecer do quarto dia após o pico do muco até o final do ciclo.

Fases do muco cervical:

FASE PRÉ-OVULATÓRIA: Ao terminar a menstruação a mulher fica seca.
FASE OVULATÓRIA:
Começa com um muco esbranquecido, turvo, pegajoso; vai se tornando transparente, abundante, elástico, semelhante à clara de ovo, podendo esticá-lo. Este é o período apropriado pra a gravidez.
FASE PÓS OVULATÓRIA:
No 4° dia após a ápice, a mulher entra no período de infertilidade.

A mulher pode observar que esta no período fértil quando ha presença do muco, tem sensação de umidade, o dia da ápice significa que dentro das 48 horas a ovulaçõa já ocorreu, está ocorrendo ou vai ocorrer.

Fonte: vbc.e-familyblog.com

Muco Cervical ou Billings

Muco Cervical ou Billings
Muco Cervical ou Billings

Modificações do muco cervical ao longo do ciclo menstrual

Fase pré-ovulatória

Ao término da menstruação, pode começar uma fase seca ou com secreção igual e contínua na aparência e na sensação que dura, em geral, dois, três ou mais dias.

Às vezes o muco aparece na própria menstruação ou logo no primeiro dia de seu término, especialmente nos casos em que o período menstrual é longo e o ciclo é curto.

Fase ovulatória

O muco que inicialmente é esbranquiçado, turvo e pegajoso, vai se tornando a cada dia mais transparente, elástico e lubrificante, semelhante à clara de ovo, podendo-se esticá-lo em fio – este é o período favorável para a penetração dos espermatozóides no canal cervical, definido como ápice.

Havendo fluxo mucoso, e/ou sensação de lubrificação, o casal deve abster-se de relações sexuais, quando não deseja a gravidez.

Fase pós-ovulatória

Na 4ª noite após o dia ápice a mulher entra no período de infertilidade, que dura mais ou menos duas semanas.

Em resumo, pode-se identificar o período fértil da seguinte maneira:

A presença do muco e sua modificação, com sensação de umidade, sempre indica o começo do período fértil.

O dia ápice significa que dentro de aproximadamente 48h a ovulação já ocorreu, está ocorrendo ou vai ocorrer.

Na 4ª noite após o dia ápice começa o período infértil.

a) Observar, diariamente, a presença ou ausência de fluxo mucoso através da sensação de secura ou umidade da vulva.

b) Analisar as características do muco, de acordo com a descrição anterior (muco pegajoso, turvo, elástico, claro, transparente ou sensação escorregadia).

Fonte: www.unifesp.br

Veja também

Afasia

PUBLICIDADE Definição de Afasia A afasia é um comprometimento da linguagem, afetando a produção ou …

Síncope Cardíaca

PUBLICIDADE Definição A síncope cardíaca é a perda súbita de consciência, seja com sintomas premonitórios momentâneos ou …

Coristoma

PUBLICIDADE Definição Uma massa formada pelo desenvolvimento defeituoso de tecido de um tipo normalmente não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.