Breaking News
Home / Saúde / Temperatura

Temperatura

PUBLICIDADE

A Temperatura é a identificação do período fértil da mulher através da temperatura do seu corpo.

Como se usa?

A mulher deve medir a sua temperatura do mesmo jeito todos os dias (oral, vaginal ou retal), no mesmo horário, todas as manhãs antes de se levantar, e anotar a temperatura em uma folha. No período fértil a temperatura sobe um pouco. Nesse período deve-se evitar relações sexuais.

Quais as chances de que a temperatura falhe?

De cem mulheres que usam durante um ano de uma a vinte mulheres podem ficar grávidas.

O método da temperarura faz algum mal para a saúde?

Não, por se tratar de um método comportamental, não existem efeitos colaterais.

Que outros efeitos a tabelinha tem além de proteger contra a gravidez?

Ajuda os adolescentes a conhecerem melhor como é e como funciona seu corpo

IMPORTANTE

Não protegem contra doenças sexualmente transmissíveis.

Não existem restrições para o seu uso. Entretanto, é fundamental conhecer a forma correta de usá-lo; para isso, é extremamente importante procurar orientação em um serviço de saúde para sua correta utilização.

Fonte: www.adolescencia.org.br

Temperatura

Identificando sinais de gravidez no gráfico de temperatura basal

Os padrões dos gráficos de ciclos onde ocorreram gravidez realmente variam dos outros gráficos. Qualquer gráfico ovulatório pode resultar em gravidez se houve alguma relação sexual durante o período fértil.

A coisa mais importante a se lembrar quando você tenta identificar sinais de gravidez no gráfico antes do dia da menstruação é: não existem sinais únicos e evidentes que indicam a gravidez com segurança além de um exame de gravidez ou a chegada da menstruação.

O gráfico não segue necessariamente um tipo específico de ovulação ou de fase lútea (fase depois da ovulação) quando a mulher está grávida. De fato, muitas mulheres não possuem nenhum sinal precoce de gravidez. Por outro lado, relações durante o período fértil e a detecção da ovulação no gráfico também não significa certeza de gravidez – mesmo se o gráfico parecer promissor. Mesmo alguns padrões que são freqüentes em gráficos de gravidez, aparecem às vezes em gráficos “não-grávidos”.

Tudo isso é claro, faz com que as duas semanas depois da ovulação sejam angustiantes antes de um tempo seguro para se fazer um teste. Se você passar de 18 dias da ovulação com temperaturas altas e nenhum sinal de sua menstruação, é bem provável que você esteja grávida.

De qualquer maneira, a maioria das mulheres acham esta espera muito longa e querem saber o mais cedo possível se elas estão mesmo gestantes.

Além de toda esta ansiedade, os efeitos e sintomas da fase lútea são causados pela progesterona, que está presente tanto na gravidez como na ausência dela. Então, os sintomas de TPM ou de início de gravidez são muito parecidos, ou praticamente os mesmos, fazendo com que você não possa contar muito com eles.

Enquanto não se possa ter a certeza da gravidez, abaixo listamos algumas características comuns em gráficos de gravidez.

Algumas características de gráficos de gravidez

Relações sexuais durante do período fértil (dia da ovulação ou os 2 dias anteriores).
Padrão bifásico que indica claramente a ovulação.
Temperaturas continuam elevadas mesmo depois da sua fase lútea (se não sabe a fase lútea, ela dura entre 11 a 17 dias).
Em muitos deles (não todos) existe outro salto de temperatura por volta do dia 7 ao 10 depois da ovulação.
Em muitos deles (não todos) têm um pequeno sangramento por volta do dia 7 ao 10 depois da ovulação.
As temperaturas PODEM apresentar um padrão trifásico (saltam e permanecem altas novamente depois do dia 7 ao 10 depois da ovulação)

A seguir exemplos de gráficos, fornecidos por pessoas que conheço. A ovulação é marcada com o cruzamento das linhas vermelhas, e o resultado positivo é marcado pela linha verde do gráfico.

Abaixo vemos um gráfico de gravidez. Depois de 12 dias ele sobe levemente a temperatura e vai subindo cada vez mais formando uma escadinha.

Temperatura

Abaixo um exemplo de gráfico trifásico que teve uma pequena queda no dia 10 depois da ovulação (DPO) e então a temperatura só foi se elevando

Temperatura

E a seguir um gráfico que teve o salto de temperatura no dia 11 DPO, se manteve elevada por 3 dias e depois foi caindo, até a chegada da menstruação (não estava grávida).

Temperatura

Existem também gráficos que não indicam nenhum dos padrões de gravidez, e mesmo assim, a mulher estava grávida. E também como se pôde ver no último exemplo, existem gráficos que insinuam ser de gravidez, mas na verdade não eram.

Existem incertezas ao tentar interpretar o gráfico antes do atraso menstrual, mas as vantagens são: você pode saber se tem chances de estar grávida, já eliminando casos de não ovulação, de ter perdido o período fértil, ou de fazer o teste de gravidez muito cedo, evitando decepções desnecessárias.

Fonte: mamaeonline.com

Temperatura

Após a ovulação, ocorre um aumento da temperatura corporal (em 0,3-0,8ºC) por três dias.

Antes de iniciar este método, a mulher deve avaliar diariamente a temperatura de seu corpo durante alguns meses, anotando em um gráfico. Isso ajudará na determinação de um padrão na elevação da temperatura.

Faça o seguinte: ao acordar, antes de qualquer coisa (mesmo antes de levantar-se e antes de escovar os dentes) meça a sua temperatura com termômetro colocado debaixo da língua, anote o valor em um gráfico.

Após a determinação do padrão de aumento da temperatura, o método funciona da seguinte maneira: o casal deve fazer abstinência sexual durante toda a primeira parte do ciclo (ou seja, depois da menstruação) até três dias depois que a temperatura aumentou.

Temperatura basal

Método oriundo na observação das alterações fisiológicas da temperatura corporal ao longo do ciclo menstrual. Após a ovulação, a temperatura basal aumenta entre 0,3 e 0,8o C (ação da progesterona). A paciente deve medir a temperatura oral, durante 5 minutos, pela manhã (após repouso de no mínimo 5 horas) antes de comer ou fazer qualquer esforço, e anotar os resultados durante dois ou mais ciclos menstruais. Esse procedimento deve ser realizado desde o primeiro dia da menstruação até o dia em que a temperatura se elevar por 3 dias consecutivos.

Depois de estabelecer qual é a sua variação normal, e o padrão de aumento, poderá usar a informação, evitando relações sexuais no período fértil. 

Uma grande desvantagem do método da temperatura é que se a mulher tiver alguma doença, como um simples resfriado ou virose, todo o esquema se altera, tornando impossível retomar a linha basal, ou saber se o aumento de temperatura é devido à ovulação ou a febre.

Fonte: www.gestantes.net

Veja também

Placas ósseas

Placas ósseas

PUBLICIDADE Definição Placa óssea é uma barra de metal com perfurações para a inserção de …

Miíase

PUBLICIDADE Definição A miíase é uma doença causada pela infestação de larvas de moscas na …

Untitled-4

Mastodinia

PUBLICIDADE Mastodinia é uma palavra grega que realmente se refere à dor mamária. A sensibilidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.